quinta-feira, 21 de março de 2013

No devido tempo

Nossa vida é cheia de planos e sonhos. Temos deixado as preocupações entrar em nossos corações; ocupando-nos pensando no futuro, porque esquecemos que o futuro pertence a Deus. Por sermos humanos, trabalhamos cada dia mais para nós mesmos; somos apressados, imediatistas, queremos aqui e agora, e quase nunca estamos dispostos a esperar. Talvez porque a vida é curta para realizar tantos sonhos e projetos?! Quem sabe?! 

Certa vez li uma história: alguma vez você observou como um passarinho alimenta seus filhotes? É um bando de famintos, chorando e disputando o que a mãe traz. Cada um luta pela sobrevivência. Darwin nessa circunstância diria que sobrevive o mais forte. Não é verdade. A mãe pássaro é instintivamente sábia e dá o alimento no seu devido tempo. Ela não ignora a necessidade de cada um, nem se comove com a impaciência e gritos do outro. O tempo dos filhotes não é o tempo da mãe! 

Essa metáfora me remete a pensar que o meu tempo não é o tempo de Deus! Como bem disse pastor Bullón, se você confia em Deus e parte para a batalha e as coisas não saem como você quer, tenha paciência, coloque os olhos em Jesus, espere o tempo dEle! “Por isso vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário? [...] De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas elas. Mas buscai primeiro o Seu reino e a Sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não andeis ansiosos pelo dia de amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal”, Mateus 6:25-34. 

Deus sabe das suas necessidades, Ele está aí bem pertinho e nunca se esquece de você! E não se esqueça de orar, para que os seus planos sejam os de Deus! Que tal sonharmos o mesmo sonho de Deus?! Feliz Sábado! 

Nathália Souza é estudante de Medicina e, na igreja de Boa Viagem, integra a Escola Sabatina Jovem

Nenhum comentário:

Postar um comentário