sexta-feira, 12 de abril de 2013

Dependência completa

Quinta-feira vi meu pai levar uma queda. Um homem forte fisicamente e que sempre me passou a imagem de vigor. Chegávamos do hospital, pois ele teve uma crise de dor na coluna, e no fim da escada ele caiu. Não se machucou, mas a coluna doeu mais. Ele está se recuperando, mas eu confesso que não foi fácil vê-lo caído ao chão, um homem realmente vigoroso como ele. E isso me fez refletir quão frágil é o ser humano. Fraco físico, emocional e espiritualmente. E ainda assim somos tão autossuficientes... 

Entendo que nos dias de hoje seja natural tentarmos fazer tudo sozinhos e até mesmo sofrermos um pouco mais por não pedir ajuda, muitas vezes por orgulho. Deus quer nossa submissão, Ele tem o melhor pra nós, já que é nosso Criador e sabe como funcionamos melhor. Aceitar nossas fraquezas não é fácil, mas é a melhor maneira de exercitarmos a confiança e dependência total Dele. 

“Ao compreendermos Sua conduta para conosco e os motivos que O levam a agir, podemos ser levados a reconhecer amor e misericórdia sem limites, unidos a um infinito poder. Podemos entender Seus propósitos na medida do necessário, e para o nosso próprio bem. Quanto ao mais, devemos confiar na onipotente mão e no coração repleto de amor”, Ellen White, “Esperança para viver”, pág. 93. “O Senhor é a minha força e o meu escudo; nEle o meu coração confia, nEle fui socorrido; por isso, o meu coração O exulta, e com o meu cântico O louvarei”, Salmos 27:7. 

A música “Dependência de Deus”, de Regina Mota, diz assim: “Quero viver Senhor, sem chorar o passado deixando o presente aos cuidados do céu, quero esperar Senhor, sem temer o futuro sabendo que em breve verei o meu Deus. Toda ansiedade eu lancei em meu Jesus, posso agora em seu amor descansar”. Aprendamos a depender e descansar no Senhor; mesmo fracos, sabendo que com Deus nos tornamos fortes. 

Carol Antunes frequenta a igreja de Boa Viagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário