sexta-feira, 31 de maio de 2013

A propósito...

Na caminhada da vida, inevitavelmente surgem inúmeras situações nas quais nos sentimos impulsionados a opinar, manifestar pensamentos, demonstrar conceitos particulares. E é interessante o quanto construímos em nossas mentes o esboço de certo e errado, e temos plena segurança de que tais ideias, baseadas em princípios personalíssimos, refletem a verdade real. 

Contudo, é possível observar que o momento, o local, a ocasião e até mesmo nossas ideias podem ser impróprios para revelações, afinal somos humanos e todos se equivocam, tropeçam e falham. 

É notável o exemplo de Cristo e o quanto Ele demonstrava sua compaixão para com os demais, declarando estima e apreço no olhar e nas palavras. Inevitável não se lembrar do amor demonstrado a Zaqueu (Lucas 19:1 a 10), Maria Madalena (Lucas 7:36 a 50), Bartimeu (Marcos 11:46 a 52), ao ladrão crucificado com Ele (Lucas 23:39 a 43) e tantos outros conhecidos e anônimos. Dizer a verdade com propósito e finalidade, acompanhada de uma dose significativa de bondade é marca do caráter de Jesus. Aplicar os ensinamentos do Mestre é a fórmula apropriada para obter a cautela necessária. 

Portanto, não se sugere com este texto a superficialidade na comunicação e no convívio. Ao contrário, pois Deus nos fez seres sociais e estar em grupo, nos relacionando, contribui para o crescimento e aperfeiçoamento. 

Ser indiferente e evitar dialogar sobre o que carece atenção não são as alternativas mais sábias. Mas a educação, a polidez, a oportunidade apropriada, são capazes de enriquecer as relações humanas, contribuindo para que as mesmas sejam profundas e renováveis. 

Que tenhamos um espírito compassivo e ajudador, e que o evangelho nos confira sensibilidade e generosidade, características de Cristo, nosso modelo ideal. E na dúvida sobre a oportunidade adequada, pense se não seria o caso de, naquele ensejo, fazer a “oração dos sábios”, quer dizer, silêncio. 

Priscila Julião é graduada em Direito e, na igreja de Boa Viagem, professora da sala de Escola Sabatina de inglês

Nenhum comentário:

Postar um comentário