quinta-feira, 18 de julho de 2013

Buscai a Deus em primeiro lugar

Reprodução
Semana passada, vivi uma experiência que há muito eu não estava tendo: falar com Deus e suplicar por alguma coisa que me fizesse ter a certeza necessária que Ele estava comigo. Ao acordar, por volta das 7h30 da manhã da segunda-feira (8), minha mãe estava acabando de sair do quarto das minhas irmãs e sem mais nem menos falou: “buscai a Deus em primeiro lugar”. Exatamente o que eu não estava fazendo. 

Logo, percebi que alguém gostaria que eu O buscasse definitivamente em primeiro lugar e que acreditasse que todas as minhas súplicas e orações seriam respondidas de uma forma ou de outra. Antes desse fato, eu vinha tendo pesadelos diretos por três dias, sempre com o mesmo acontecimento. E logo após ter escutado minha mãe falar aquelas palavras, eu realmente percebi a presença de Deus na minha vida. Não tem sido nada fácil a minha situação, hoje. Com tantos problemas que eu venho enfrentando nos últimos meses, desde que saí do meu último emprego, a minha vida parece estar dando um giro que eu não sei quando e onde vou parar. 

Mas por mais difíceis que sejam esses últimos meses, a busca incessante a Deus em primeiro lugar deve ser a tona dos nossos dias. É muito difícil levarmos essa vida que estamos levando, principalmente quando não entendemos o porquê de algumas situações embaraçosas pelas quais passamos. É ainda mais difícil quando nesta situação em que nos encontramos não buscamos a Deus em primeiro lugar para que Ele seja o nosso refúgio e a nossa fortaleza. Já derramei muitas lágrimas durante este tempo, mas eu sei que a vitória virá no momento certo, quando Deus achar que realmente é o meu momento. 

João 14:14 diz que “se pedirdes alguma coisa em Meu nome, eu o farei”. Não só peço, como desde aquele dia em que ouvi minha mãe proferir aquelas palavras tenho buscado a Deus em primeiro lugar. Que este seja o nosso pensamento sempre, independente da situação em que estejamos. 

Erick Lourival é membro da igreja de Boa Viagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário