sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Apenas uma múmia

Reprodução
Recentemente li um artigo em certa revista sobre a múmia de Tutancâmon. Lendo o artigo, repentinamente me veio à mente a vida de Moisés. A múmia de Tutancâmon foi encontrada juntamente a objetos de ouro, símbolos da realeza egípcia. 

Assim como Tutancâmon, Moisés foi criado pela corte egípcia, recebendo o mais alto nível de instrução. Moisés fora criado para ser um faraó, um líder egípcio, porém, o propósito de Deus muitas vezes é diferente dos desejos do coração do homem. Após estar preparado para ser faraó, Moisés foi mandado por Deus para o deserto. Imagino que, naquele momento, ele se questionou, mas permaneceu fiel. Fora preparado pelos homens, mas Deus o estava preparando para algo muito maior. Por 40 anos esteve no deserto, onde passou por momentos difíceis, onde quase perdeu sua fé, porém decidiu permanecer firme aos seus princípios. Moisés poderia estar no palácio, onde seria reverenciado, onde teria toda a pompa que qualquer egípcio um dia desejaria, mas lá estava ele, no deserto, guiando os israelitas à terra prometida. 

Muitas vezes nos encontramos no lugar de Moisés. Temos uma vida tão fácil e planejada, pra que complicar? Nessa hora, quando a dúvida insiste em entrar, deixe Deus atuar em sua vida, pois nem sempre o seu desejo é a vontade dEle. Tutancâmon morreu com toda a pompa e prestígio aqui nesta terra, mas hoje não passa de uma múmia e uma história mais especulada do que realmente conhecida. Moisés teve a mesma oportunidade, mas preferiu estar ao lado dAquele que tudo guiou desde o começo. Sofreu, batalhou, morreu, mas por sua fé foi levado ao Céu. 

E aí, o que você prefere? Ser apenas uma múmia ou ressuscitar naquele dia final, quando Jesus virá para buscar aqueles que escolheram ficar ao Seu lado? Como diz a canção, “eu já fiz minha escolha, sou de Jesus”.

Priscila Serbim é advogada e membro da igreja de Boa Viagem. Contato: priscilaserbim@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário