quinta-feira, 21 de novembro de 2013

"Diante das cãs te levantarás” (Levítico 19:32)

Reprodução
A população brasileira e mundial tem envelhecido consideravelmente. Em algumas nações como Portugal, existem mais idosos do que bebês. O comportamento demográfico mundial tem se modificado, porque a população está se prolongando, pelo aumento da expectativa de vida. Segundo dados do IBGE em 2025, seremos a sexta população de idosos no mundo. 

Observa-se diante desta realidade a insegurança que norteia os idosos. Lembremos que a perda de sua capacidade produtiva é cruel, e ainda a falta de valorização de pessoas desta idade, pouco aproveitamento no mercado de trabalho, aumento das enfermidades e a visão moderna de que não são um público rentável. Além disso, a sociedade em geral está completamente despreparada para atuar nos cuidados relativos à idade madura. Sistema de saúde e transporte públicos, e demais políticas não correspondem às necessidades desta classe de pessoas. E o que dizer da dedicação familiar a estes indivíduos? 

É inevitável refletir e constatar que todos trilharão a mesma estrada, e ainda que se tente não pensar no assunto é natural que se envelheça. Vale mencionar que nem sempre teremos o mesmo vigor e vitalidade, tudo é uma questão de tempo. E o tempo passa para todas as idades. 

Notadamente está mais do que na hora de pais e responsáveis educarem e direcionarem seus filhos ao exercício do respeito para com os idosos, provocando mudanças comportamentais sadias, incentivando carinho e generosidade, inclusive com exemplo prático. Honrar a estes entes de cabelos bem branquinhos e rosto envelhecido é um princípio bíblico, e um dever social. Pessoas de idade avançada são capazes de nos ensinar valiosas lições. 

Nem sempre palavras são capazes de sensibilizar nos- sos duros corações, mas a velhice está perto de cada um de nós. Sejam familiares, amigos ou estranhos, merecem nosso respeito por sua trajetória. Esta é vontade de Deus.

Priscila Julião é advogada e membro da igreja de Boa Viagem. Contato: priju1@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário