quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Igreja

Reprodução
“O que é um rei para um deus? O que é um deus para um descrente? Que não acredita em nada [...] Não há igreja na selva”, Jay-z/Kanye West. 

Recentemente, li um ótimo texto no www.terceiramargemdorio.org que trata da relação entre comunicação e cristianismo, e começa citando essa música: “No church in the wild”, que significa ’não há igreja na selva’. Fugindo de clichês, o autor vai direto ao ponto: quais os problemas em falar de Deus para uma sociedade que não acredita em quase nada? Como falar de cristianismo para pessoas que não querem nem ouvir o seu discurso? 

Ser verdadeiramente uma igreja nessa selva (de pedra) que nos rodeia é, provavelmente, o maior desafio de nossa congregação. Alcançar uma comunidade de moradores de prédios acostumados a estarem cercados e fechados nos seus condomínios privados. Falar que todos precisam de arrependimento e mudança em Jesus pode se tornar apenas mais um discurso dentre vários existentes. Afinal, o mundo já ouve há um bom tempo alguns ‘pastores’ pregarem sobre ‘unção’ e ‘bênção’ instantâneas, bastando depositar sua oferta ou passar sua doação no cartão de crédito. O tipo de discurso completamente fora dos preceitos bíblicos, mas que é jogado pelas pessoas como sendo o de todos os evangélicos. 

Talvez, a saída para tudo isso seja retomar o sentido etimológico de igreja: a palavra grega ekklesia. Composta de dois radicais gregos, ek significa para fora, e klesia, significa chamados. É preciso chamar para fora essas pessoas e deixar que elas nos conheçam. Contato, proximidade, amizade. Dificilmente há mensagem mais poderosa do que o seu testemunho. Você pode ser a única oportunidade de evangelização para aquele seu vizinho tímido do apartamento ao lado. É preciso ter um discurso menos generalista e, tal qual Jesus, ter um trato pessoal com as pessoas para as quais desejamos espalhar a Boa Nova. 

Guilherme Cunha é estudante de Ciências Contábeis e, na igreja de Boa Viagem, líder de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário