quinta-feira, 2 de março de 2017

Reflexão sobre a reflexão

Reprodução
A cada sábado, ou melhor, a cada dia da semana, a comunhão com Deus exige uma boa capacidade reflexiva. Afinal, aquele que não reflete sobre o que necessita melhorar como saberá sobre o que precisa se arrepender? Deus quer mostrar os nossos erros diante dEle, pecados, para que possamos estar mais próximos dEle.

O pecado necessita ser identificado e isso se faz na reflexão. A oração é uma boa oportunidade para isso. Aquele que tem a oportunidade e não reflete estará pecando, não porque não refletiu, mas pelas consequências do não arrependimento que será gerado. Infelizmente, a persistência no erro acontecerá. Isso é muito perigoso.

Nós, adventistas do sétimo dia, ao fazermos a vontade de Deus guardando o sábado, temos uma oportunidade singular em relação a esse aspecto. Embora Deus queira que façamos reflexões diárias, no sábado podemos parar, descansar, refletir, conversar com Ele, etc. Isso tudo porque Ele nos concede esse tempo. “E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera”, Gênesis 2:2,3. Como vimos, na palavra de Deus desde a criação foi assim.


A reflexão é essencial. Davi, segundo a vontade de Deus, escreveu: “Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim”, Salmos 51:3. A reflexão é a forma poderosa de Deus utilizar da capacidade que Ele nos concede, para que, com o auxílio do Espírito Santo, tenhamos a oportunidade de identificar erros, nos arrependermos e nos modificarmos segundo a Sua vontade.

Viver uma vida sem refletir é viver uma vida individualista e vazia, sem propósito e sem rumo. No dia de hoje, não deixe de exercer essa capacidade que o Espírito Santo lhe concede. Descanse, reflita, identifique acertos e erros, confesse a Deus, arrependa-se e abandone o pecado.

André Pereira é mestre em Ciências Sociais e membro da igreja Central de Ipojuca

Nenhum comentário:

Postar um comentário