quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Jesus, a ponte

Reprodução
“Alegrem-se sempre. Orem continuamente. Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus”, 1 Tessalonicenses 5:16-18.

A palavra de Deus nos incentiva a mostrar gratidão. O apóstolo Paulo escreveu: “Mostrem-se gratos.” É claro que não vamos ser felizes só por dizer “obrigado” de vez em quando. Precisamos demonstrar atitudes de gratidão, de um coração agradecido. 

Assim, não vamos achar que as pessoas são obrigadas a fazer algo por nós. Essa atitude também vai nos proteger da inveja e do ressentimento, sentimentos que tiram nossa alegria e levam as pessoas a afastarem-se de nós. Sendo assim, a gratidão nos protege de sentimentos ruins e condutas que podem fazer mal ao nosso semelhante e consequentemente a nós mesmos.

Um comportamento que afasta a gratidão do nosso coração é o egocentrismo. Pessoas egocêntricas tendem somente a olhar para a própria satisfação pessoal e não levar em consideração as necessidades e desejos do outro. Olhar somente para si mesmo bloqueia o sentimento de gratidão, pois qualquer coisa que o outro faz para você não será menos do que o obrigatório.

Contudo, ninguém tem a obrigação de atender os desejos de outra pessoa totalmente. Desta forma, pessoas egocêntricas têm dificuldades em manter relacionamentos de longo prazo, nos quais o outro também precisa ser visto. A gratidão coloca o outro no papel principal e encurta os laços de um relacionamento, seja ele qual for.

Da mesma maneira que ocorre nos relacionamentos entre humanos, ser grato a Deus nos aproxima dEle, torna nosso relacionamento mais próximo e natural. Ser grato a Deus pelo que Ele é e faz por nós traz-nos paz e segurança. Que possamos ser gratos a Deus em cada instante de nossas vidas e, assim, viver uma vida plena. 


Marcondes Ricarte é engenheiro da computação e ancião da igreja de Boa Viagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário